Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Diz aí bancário! O que você quer para a campanha deste ano?

Todas as bancárias e bancários, sindicalizados ou não, podem participar da Consulta Nacional e ajudar a construir a pauta de reivindicações da campanha nacional; data-base da categoria é 1º de setembro.

Sindicatos de bancários de todo o país iniciam nesta quarta-feira, 17 de abril, o processo de consulta à categoria sobre as prioridades para a Campanha Nacional.

Todas as bancárias e bancários, mesmo que não sejam filiados, podem responder ao questionário e apontar quais devem ser, em sua opinião, as prioridades da campanha no que se refere à remuneração, questões sociais, saúde e condições de trabalho entre outros pontos.

Acesse aqui para responder.

A presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e coordenadora do Comando Nacional dos Bancários, Juvandia Moreira, ressalta a importância de haver um grande número de participantes. “Quanto maior o número de respostas obtivermos, mais próximo chegaremos do real desejo da categoria. Por isso, é importante que os sindicatos se empenhem na divulgação e coleta de respostas”, disse.

Uma das novidades da consulta deste ano, é uma pergunta para avaliar o endividamento e a inadimplência da categoria. “Os dados apontam que, no encerramento de 2023, 77,8% das famílias possuíam dívidas e 29,5% possuíam dívidas em atraso. Queremos apurar o cenário na categoria bancária, para tentar encontrar solução para o problema”, explicou a presidenta da Contraf-CUT.

Para facilitar a participação, foi disponibilizado um sistema de resposta eletrônica pela internet, que estará disponível até o dia 2 de junho. Para responder, basta acessar o link https://consultabancarios2024.votabem.com.br/.

Minuta de reivindicações

As respostas da consulta serão compiladas e se somarão às resoluções das conferências estaduais e regionais, além daquelas definidas nos encontros nacionais específicos dos trabalhadores de bancos públicos e de bancos privados, para serem debatidas na Conferência Nacional dos Bancários, que será realizada nos dias 7 a 9 de junho e terá como principal tarefa a definição da pauta de reivindicações da categoria.

Logo após ser aprovada em assembleias a serem realizadas por sindicatos de bancários de todo o país, a minuta será entregue à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para dar início às negociações da Campanha Nacional. O objetivo é renovar a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria e os Acordos Coletivos de Trabalho (ACTs) específicos dos bancos, uma vez que as vigências dos mesmos se encerram no dia 31 de agosto. A data-base da categoria é 1º de setembro.

Saiba mais:

🔵 Acompanhe o calendário preparatório para a Campanha Nacional 2024

Fonte: Contraf-CUT

4 Comments

  • SANDRA
    Posted 21 de abril de 2024 at 20:02

    Com referência aos deltas, CEF, queremos que seja vitalício e creditado em janeiro de cada ano, sem precisar ser discutido nos dissidios.
    Queremos que o porte da agência e o bônus sejam divididos entre todos os funcionários, pois todos são cobrados a cumprir metas, então nada mais justo que todos entrem nessa divisão.

  • paulo
    Posted 23 de abril de 2024 at 08:52

    Queremos reajuste de 57% para o BB, igual da Tarciana. Reajuste linear para todos.

  • Nelson Bond Neto
    Posted 9 de maio de 2024 at 13:23

    O acesso pelo link não contempla a possibilidade de incluir pautas para a negociação. Uma questão que afeta vários funcionários do BB é o banco de horas acumulado durante a pandemia. Ele atinge principalmente idosos com comorbidade, que é o meu caso, que sou diabético e estou com mais de 3.600hs. acumuladas. Vários outros bancos já resolveram essa questão, o BB ainda não.

    • SEEB Curitiba
      Posted 10 de maio de 2024 at 11:36

      Nelson, esse tema já foi debatido no Encontro Estadual do BB e será levada proposta sobre o tema para o Congresso Nacional.

Deixe um comentário

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]